quarta-feira, maio 09, 2007

Confusões de uma jovem adulta!

Quem disse que crescer era fácil? E quem disse que eu não queria crescer?
Eu vivi cada fase da minha vida muito bem, por enquanto. Um infância de verdade, uma adolescencia de filme, cheio de amores, intrigas, brigas, e-mails anônimos, inimigos, amigos eternos... E chego agora a porta da idade adulta. Responsabilidades, faculdade, viagens, falta de dinheiro, paixões avassaladoras, medos e por fim independencia. Morar sozinha, sem roupa lavada e comida quentinha esperando no fogão, sem colinho da mamãe pra ganhar cafuné, sem irmã mais nova pra pegar minhas roupas sem pedir, sem carrinho disponível pra sair qdo quiser. E como se tudo isso já não fosse uma mudança radical, resolvi ir pra looonge. Não tão longe assim, mas distância sufisciente ficar com saudades das coisas que vc menos gostava e morrer de saudade do que vc mais ama! Saudade dos meus amigos verdadeiros, das pessoas que sempre acreditaram e me apoiaram, sinto falta de pessoas que me conheçam de verdade e mesmo sabendo de todos os meus defeitos me amam incondicionalmente.
Saudade de chorar no colo do meu melhor amigo, de ouvir rock no ônibus voltando do trabalho, de andar de bicicleta pelas ruas do bairro, ir no shopping só pra fazer feira. Tenho saudades de ter tempo livre, pra ir no cinema em plena quarta-feira a tarde, sozinha, e ver filmes seguidos e depois chegar em casa e ver mais filme! Saudades de chegar no inicio da noite, sentar na minha cama e tocar violão sem ninguem ouvir e poder cantar com todas as forças e me alegrar, saudade do tempo em que lia um livro em um dia, e podia ver chaves e sessão da tarde antes de fazer lição de casa. Nesse época sonhava em poder sair a hora que quissese, com quem quissese, sonhava em morar sozinha sem ninguém pra me incomodar, sonhava não depender de niguém e ter uma vida em que eu ditava as regras. Hoje, eu tenho essa vida! E alguém acha que quero voltar e viver pra sempre naquele passado que parecia perfeito e que morro de saudades? NÃO MESMO !!!!
Minha vida é assim, a cada objetivo conquistado, outro já está quentinho no minha cabeça. Com isso, vivo intensamente, sofrendo, chorando, sorrindo, aprontando, me desapontando, cantando, dançando, amando profundamente, me entregando a vida!

EU VIVO! E SOU SIMPLESMENTE MUUUITO FELIZ!

xP

Um comentário:

DeAngeliS Caldeira disse...

E ae Anne, como anda as modas por aí em Belzonte? Bom, esses dias encontrei a comunidade Credores da bruxaria e vi que continuou mesmo né? Parabéns pelo seu sucesso, rs...

Beijos do seu amigo,

DeAngeliS